7 formas práticas de otimizar a gestão do tempo na construção civil

Um gestor eficiente sempre busca a excelência e isso implica em entregar o projeto dentro do prazo. Esse é um ponto-chave para a satisfação do cliente e do empregador: a boa gestão do tempo na construção civil reduz custos e evita geração de resíduos em excesso, ampliando a margem de lucro da construtora e, em conjunto, minimizando os danos ambientais.

Para chegar a este resultado, entretanto, é preciso ter planejamento, disciplina e dar respostas rápidas aos contratempos. Hoje há uma série de equipamentos que visam a eficiência e produtividade, mas de nada servem se o gestor não estiver atento a todas as etapas da obra.

Por conta disso, separamos para você algumas formas práticas de organizar tarefas e otimizar a gestão do tempo. Se você ficou interessado, continue a leitura e confira.

gestão do tempo na construção civil

 

1. Faça um planejamento com metas e prazos

Antes de iniciar qualquer obra, é fundamental ter um planejamento, que estabeleça todas as etapas, o que será preciso para realizá-las, metas e prazos para cumpri-las. Veja como as equipes se relacionam para que tudo funcione como uma orquestra: cada uma sabendo a hora de entrar em cena. Compartilhe esse planejamento com todos que trabalharão na obra.

Existem alguns softwares que auxiliam na criação do planejamento e do estabelecimento de um cronograma realista. Não adianta querer fazer mil coisas em um dia e não completar nenhuma tarefa. Mensure o tempo que será gasto em cada etapa baseado em suas experiências anteriores e não se esqueça de incluir os seus horários pessoais, definindo quando você estará na obra ou visitando fornecedores, por exemplo.

2. Organize o canteiro de obras

Com a planta em mãos, planeje o melhor lugar para instalar o canteiro de obras e não esqueça de verificar o que dizem as normas regulamentadoras e técnicas com relação aos espaços necessários e suas características (NR 18 e NBR 1367).

Pense onde será a entrada e saída de caminhões, o descarregamento dos materiais, por onde as pessoas vão circular e as instalações de energia elétrica e de água (NBR 5626 e NBR 5410). Aproveite e revise, também, as normas de acessibilidade.

A logística correta garante um bom ritmo de trabalho. Portanto, elabore o layout do canteiro a fim de criar um fluxo de trabalho contínuo, reduzindo ao mínimo os deslocamentos dos trabalhadores. Preste atenção, também, ao local onde ficarão materiais e equipamentos, para reduzir riscos de quedas e danos.

3. Use a tecnologia a seu favor

Use e abuse das novas tecnologias para mantê-lo dentro do cronograma. Um deles é o Sienge, que tem integração com a tecnologia BIM (Building Information Modeling), que cria modelos virtuais precisos em uma construção civil. Com os dois softwares, além de um cronograma, você tem o acompanhamento completo da execução da obra diariamente e a funcionalidade de importar e exportar orçamentos.

Outra ferramenta útil é o calendário do Google, que emite alertas de tarefas no seu smartphone. Você pode estabelecer um tempo para cada tarefa e colocar no calendário. Não esqueça de deixar um período vago para o caso de surgir alguma emergência na sua rotina.

4. Mantenha a organização e a limpeza

Manter o canteiro de obras bem organizado, sinalizado e limpo evita perda de tempo procurando ou substituindo equipamentos e materiais. É preciso criar uma rotina de limpeza com a equipe, para a retirada de resíduos e entulhos. Manter os corredores de passagem sempre limpos evita desperdícios de materiais que, se forem danificados, terão que ser repostos, por exemplo.

Para isso, você pode aplicar a teoria de qualidade "5S": Senso de Utilização, Senso de Organização, Senso de Limpeza, Senso de Padronização e Senso de Disciplina. Ela tem como objetivo reduzir o desperdício e aumentar a eficiência operacional, otimizando a gestão do tempo na construção civil.

5. Programe a compra de materiais

No cronograma que falamos logo no início, você deve incluir a compra de materiais. Pense bem nas etapas do projeto para verificar quanto custa e quando deve comprar cada um. Nomeie uma pessoa responsável pelos materiais e façam uma lista de tudo o que deve ser comprado, com os valores, nomes e contatos dos fornecedores. A pessoa responsável deverá atualizá-lo sobre o cronograma de compras e entregas, além de manter o material organizado.

Os materiais devem ser organizados e estocados de uma forma que não atrapalhe a movimentação no canteiro de obras. Por isso, talvez você deva comprar em etapas, dependendo do espaço de armazenamento que terá à disposição. Pense também no custo-benefício. Equipamentos mais modernos podem ser mais caros, mas talvez compensem com relação ao tempo de produção que eles vão economizar.

6. Tenha uma boa relação com os fornecedores

Ter uma boa relação com os fornecedores ajuda na agilidade das entregas. Se você mantiver contato constante com eles e deixar claro suas expectativas com relação ao cumprimento de prazos, terá mais chances de não receber materiais com atraso.

Com o cronograma de entregas em dia, não há risco de faltar material na obra e deixar funcionários parados aguardando a chegada dele. Por isso, esse ponto é tão importante. Outra vantagem é poder negociar preço, o que também vai contar pontos para você.

7. Converse com a sua equipe

Mesmo com um planejamento bem feito e um acompanhamento rigoroso das etapas do projeto, podem ocorrer contratempos. Nessa hora é fundamental ouvir a equipe para entender exatamente o que ocorreu e solucionar o problema rapidamente. Como os trabalhadores é que, literalmente, colocam a mão na massa, eles poderão, inclusive, dar ideias de como otimizar determinado serviço.

Além disso, mantenha a comunicação da equipe fluindo. Tudo será mais ágil se os trabalhadores estiverem de acordo sobre os procedimentos e se entendendo perfeitamente. Nada pode ser pior que um funcionário que faz "corpo mole" parar e prejudicar outro. Se isso acontecer, aja com rapidez e, se necessário, substitua quem não estiver produzindo para alcançar as metas.

Não é fácil coordenar uma obra e manter tudo sob controle. Por isso, a gestão do tempo na construção civil é imprescindível. Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas e comece a aplicá-las no seu trabalho.

Se você gostou e quer ficar por dentro das nossas novidades sobre produtividade, eficiência e equipamentos que ajudem a melhorar o seu dia a dia, siga-nos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn. Lá você terá diversos outros artigos como esse em primeira mão.

 

Gostou? Compartilhe este artigo!
Artigos Relacionados
linkcrossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram