Área Restrita
Notícias

Elementos valorizam espaços próximos aos elevadores.

Decoração no hall de entrada

Saiba quais elementos valorizam esses espaços próximos aos elevadores

Espaço Lounge de Convivência, assinado pela arquiteta Daniela Sumida de Albuquerque na Casa Cor Paraná 2015, decorado com um painel ferrugem em frente a plataforma da Daiken, feito exclusivamente pela artista plástica Sila Lima e ao lado uma fotografia emoldurada de Guilherme Albuquerque. Foto: Guilherme de Albuquerque

Espaço Lounge de Convivência, assinado pela arquiteta Daniela Sumida de Albuquerque na Casa Cor Paraná 2015, decorado com um painel ferrugem em frente a plataforma da Daiken, feito exclusivamente pela artista plástica Sila Lima e ao lado uma fotografia emoldurada de Guilherme Albuquerque.
Foto: Guilherme de Albuquerque

O hall é a porta de entrada da casa e decorar esse ambiente com elementos chaves pode fazer toda a diferença no resultado. Exemplo disso é o espaço Lounge de Convivência, assinado pela arquiteta Daniela Sumida de Albuquerque na Casa Cor Paraná 2015. A área decorada pela profissional conta com um equipamento da Daiken Elevadores que oferece acessibilidade aos visitantes da mostra.

A inspiração para o projeto surgiu das memórias da infância, onde as plantas naturais utilizadas pela profissional fazem uma releitura de um quintal e também oferecem leveza para qualquer hall. A existência da plataforma foi determinante para projetar e distribuir o mobiliário, garantindo uma boa circulação para as pessoas.

“É preciso levar em consideração o tamanho do espaço em relação ao mobiliário que será utilizado. É muito comum a área de um hall ser pequena, então, o uso de espelho e papel de parede é indicado nestes casos. Uma obra de arte e uma boa iluminação também podem valorizar”, explica a arquiteta.

Iluminação no hall
A iluminação é fundamental em um hall e, de acordo com cada projeto, ela pode ser utilizada de várias maneiras (cênica, de destaque, decorativa). O pendente instalado ao lado da plataforma da Daiken Elevadores, no Lounge de Convivência, foi inspirado em guloseimas como as “Finni Tubes”, com um design inusitado.

A dica da arquiteta é valorizar uma parede próxima ao elevador com uma obra de arte, pintura ou escultura de parede com iluminação adequada. “O mais importante é ter um cantinho que tenha a sua cara e que conte a sua história”, conclui a profissional.

________________________________________________________

Atendimento à imprensa BG Comunicação
Jornalista responsável: Taysa Dias – jornalismo@bgcomunicacao.com.br
Telefone: (41) 3203-1894

ARQUIVO PDF: BG_Casa Cor 2015_Hall de entrada