Área Restrita
Notícias

5 passos para planejar a reforma de casa sem dor de cabeça!

Você decidiu fazer uma reforma e não sabe por onde começar? Tem receio da dor de cabeça que isso pode causar e nem quer pensar no assunto?

Saiba que nem sempre a reforma de casa é assim tão trabalhosa, mas que demanda um certo planejamento. É preciso definir orçamento, necessidades dos moradores, contratar profissionais capacitados, buscar soluções etc.

Preparamos um passo a passo para ajudá-lo a planejar a sua reforma e evitar contratempos. Confira!

reforma de casa

1. Defina o que é necessário

Por que você vai fazer a reforma? A ideia é aumentar a casa? Ganhar espaço? Melhorar a acessibilidade? É preciso definir, primeiro, qual a necessidade que você quer atender e como fazer isso de forma efetiva.

Depois disso, coloque o planejamento em um papel, com todas as alterações que serão feitas, as medidas dos ambientes, dos móveis. Solicite ao arquiteto ou engenheiro responsável pela obra que faça um projeto em 3D para ser mais fiel à realidade.

2. Estabeleça um cronograma

Você não precisa reformar tudo de uma só vez. Estabeleça um cronograma conforme a necessidade e, se for mexer em mais de um ambiente, faça um de cada vez. A não ser que você e sua família possam sair de casa por um tempo.

Nesse caso, determine quanto tempo ficarão fora de casa, considere o clima (se a estação é chuvosa ou não), as questões de deslocamento para acompanhar a obra e a rotina da família.

3. Faça um orçamento

Antes de começar a reforma é preciso estabelecer um orçamento, saber exatamente quanto você vai investir na obra. Dessa forma você consegue fazer as melhores escolhas, tanto de materiais quanto de mão de obra. Não deixe o orçamento muito justo, reserve uma margem para o caso de surgir algum imprevisto.

4. Contrate bons profissionais

Nenhuma obra é bem feita sem o envolvimento de bons profissionais. Desde o arquiteto ou engenheiro que vai elaborar o projeto até o eletricista, busque referências e contrate pessoas com experiência.

O próprio arquiteto pode indicar uma equipe que já tenha trabalhado com ele em outros projetos. Isso ajuda muito, pois o entrosamento acontece naturalmente e a obra pode ganhar em qualidade e agilidade.

5. Pense em soluções em longo prazo

Já que você vai fazer uma reforma, aproveite para prevenir problemas futuros. Você já pensou se a sua casa está adaptada para quando a velhice chegar? E as crianças, como está a acessibilidade delas aos cômodos?

Quem mora em casas com mais de um pavimento, por exemplo, precisa se preocupar com a mobilidade. Vai chegar a hora em que subir e descer escadas poderá ser cansativo. Nesse caso, considere incluir um elevador na reforma para não precisar mexer na estrutura novamente.

Todos esses passos diminuem o risco da obra dar errado, mas mesmo assim, é importante ter em mente que a reforma de casa deve ter um objetivo claro e ser bem pensada antes de iniciar. Não comece nada sem analisar o que cada mudança vai representar para a melhoria da qualidade de vida dos moradores.

E se a sua ideia é reformar para melhorar a acessibilidade, leia nosso artigo sobre esse assunto.

 

😉 Fique por dentro. Cadastre-se aqui para receber nossas notícias!